logo.gif (21429 bytes)


O que é o I Ching

bola.gif (1136 bytes) O I Ching é o mais antigo oráculo do mundo, com mais de 5000 anos.
bola.gif (1136 bytes) Mais do que um oráculo, o I Ching encerra toda uma filosofia de abordagem vivencial.
bola.gif (1136 bytes) Existe uma grande distância entre o I Ching banalizado, as vezes chamado de "o jogo das 3 moedas", e a real dimensão desse oráculo milenar, usado inclusive por Confúcio.
bola.gif (1136 bytes) O I Ching é de surpreendente eficácia quando aplicado aos relacionamentos humanos, tanto no individual como nos coletivos.
bola.gif (1136 bytes) Diferentemente de outros oráculos, alguns dos quais requerem ampla cultura esotérica, o I Ching é acessível a qualquer um que tenha aprendido o significado dos seus textos.
bola.gif (1136 bytes) Na opinião da maioria que o utiliza, o I Ching recompensa quem o estuda e pratica com respeito, através de uma relação quase humana entre consulente e oráculo

 

O I Ching, o Livro das Mutações, pode ser considerado um sistema de conhecimento a respeito do universo e de suas leis. Usualmente conhecido por suas características de oráculo, é na realidade um completo arcabouço esotérico, fundamentado em conceitos que remontam a mais de 5000 anos atrás. O I Ching tem sido usado como oráculo desde a Antiguidade, ao longo da história da China, tendo despertado posteriormente o interesse do Ocidente. É o mais antigo oráculo do mundo.

Está intimamente ligado ao fato de que nada é imutável no universo, que tudo se encontra em constante mutação. Aí reside a utilidade do I Ching como oráculo, no sentido de nos prover de respostas à nossa incompreensão das mutações que ocorrem em nossa existência e que nos deixam tão confusos. Nos Analetos diz-se que Confúcio, diante de um rio, disse: "Tudo segue, fluindo, como esse rio, sem cessar, dia e noite".

O conceito fundamental do I Ching é o Tao, o Princípio Universal, o Uno. Tao representa também o caminho espiritual a todos nós destinado, união inexorável com o Criador.